Patos em Destaque Whats

Homem que levou tiro no pescoço morre no Hospital Regional

Até o momento nenhuma pessoa foi presa suspeita de cometer o assassinato

por Weslley Raphael
22/01/2021 - 10h01

Homem que levou tiro no pescoço morre no Hospital Regional Crédito: Patos 1

Morreu nesta madrugada de sexta-feira (22/01), no Hospital Regional em Patos de Minas, um homem de 33 anos, que havia sido vítima de disparo de arma de fogo numa boate, na zona rural de Lagoa Formosa. O crime ocorreu no dia 16 de janeiro, quando Douglas Soares de Castro deixava o local no início da madrugada e foi alvejado por um atirador, que possivelmente estava no meio do matagal. Desde então, ele se encontrava internado, mas acabou não resistindo aos ferimentos.

Entenda como ocorreu o crime

Um rapaz de 33 anos foi atingido por disparo de arma de fogo na madrugada deste sábado (16/01), na zona rural de Lagoa Formosa. O crime ocorreu por volta de 01h20, na fazenda Ponte Alta, local onde funciona uma boate. De acordo com o boletim de ocorrência, a Polícia Militar foi acionada por uma testemunha, sendo que a solicitante relatou que um cliente havia sido alvejado por tiros.

Chegando ao local, os policias depararam apenas com duas pessoas. Elas disseram que a vítima Douglas Soares de Castro, 33 anos, já havia sido socorrida por terceiros para o Hospital Municipal “Dr. Bininho”. Em conversa com uma testemunha, ela disse aos militares que estava em um quarto da residência, quando ouviu o barulho do disparo. Com isso, ao sair para verificar, deparou com a vítima caída ao solo, nos fundos do bar da boate, sendo que Douglas se encontrava com um ferimento na altura do pescoço.

As pessoas que estavam no local falaram que não presenciaram nenhum tipo de confusão ou briga entre os clientes da boate. O proprietário do estabelecimento contou que estava no bar da casa, juntamente outras 08 pessoas, que faziam uso de bebida alcoólica. Ele relatou também que, após acertar suas comandas a vitima saiu do local, momento que escutaram um barulho de disparo de arma de fogo e, quando saíram para verificar o que havia ocorrido deparou com a vítima caída ao solo e com um ferimento na parte anterior do pescoço.

Ainda segundo o proprietário da boate, não houve briga entre os frequentadores e ele não percebeu se alguém poderia estar portando arma de fogo. Em seguida, os militares deslocaram até o hospital de Lagoa Formosa para fazer contato com a vítima, porém ela já havia sido transferida para Patos de Minas. Com isso, uma guarnição em apoio aos militares de Lagoa Formosa, deslocou-se ate o hospital regional, onde foi feito contato com Douglas.

Em conversa com o homem, ele relatou aos militares que estava na boate juntamente com outras pessoas e que, após fazer o pagamento dos gastos no local, se preparava para ir embora, mas ao chegar à porta dos fundos do bar foi atingido por um tiro, mas não soube informar o que aconteceu. Nenhum suspeito foi visto no local ou próximo da boate. Diante dos fatos, a PM deu início aos rastreamentos na tentativa de localizar o atirador, mas até o fechamento desta edição o suspeito não foi encontrado. 

Receba notícias diariamente através do WhatsApp (CLIQUE AQUI). Para ler mais notícias do Patos em Destaque, clique em NOTÍCIAS. Siga também o Patos em Destaque no TwitterInstagram e Facebook . Envie informações à redação do portal por WhatsApp pelo telefone (34) 98873-4068.

Fonte: : Vanderlei Gontijo, Patos 1

OUTRAS NOTÍCIAS