Cursos tcnico - UNIPAM

Feitio da pamonha: uma tradição que se tornou patrimônio cultural de Patos de Minas

Material produzido pela Dimep destaca a importância da atividade para a cultura do município

por Weslley Raphael
24/11/2020 - 18h01

Com o objetivo de dar visibilidade ao feitio da pamonha, prática tradicional em Patos de Minas e que se tornou patrimônio cultural do município, a Diretoria de Memória e Patrimônio Cultural (Dimep) produziu material de divulgação para ser disponibilizado nas redes sociais. O fôlder elaborado convida a população a (re)conhecer essa relevante manifestação e anuncia também a entrada no que é conhecido como o “primeiro tempo” do feitio da pamonha, período que compreende os meses de dezembro a março, marcado pela “época das chuvas” e da colheita tradicional do milho nas roças.

Por fazer parte da tradição local, o feitio dessa iguaria tornou-se patrimônio cultural de Patos de Minas após parecer favorável e aprovação do Dossiê de Registro do Feitio da Pamonha emitidos pelo Conselho Deliberativo Municipal do Patrimônio Histórico e Cultural (Condepahc). A atividade também foi reconhecida como patrimônio cultural do município na esfera estadual em junho deste ano, por meio de aprovação do dossiê pelo Instituto Estadual do Patrimônio Histórico e Artístico de Minas Gerais (Iepha/MG). Essa medida  aumentou a pontuação de Patos de Minas e, consequentemente, a receita financeira repassada pelo Governo mineiro, via Lei Robin Hood – ICMS Patrimônio Cultural. 

Para o diretor da Dimep, Geenes Alves, a aprovação do Iepha/MG  incentiva a preservação do patrimônio cultural. “A ampliação do repasse é relevante e traz responsabilidade ainda maior para a Secretaria de Cultura, que, por meio da Dimep, tem que acompanhar e documentar a rica tradição ao longo do tempo”, informou. A produção do fôlder, nesse contexto, é uma forma de dar destaque a uma atividade cuja história funde-se à própria história do município. 

O diretor da Dimep ainda destaca o desejo de “que a tradição milenar dos nossos nativos, reelaborada com mãos pretas e brancas, possa fazer perpetuar o espírito de comunhão, sociabilidade e confraternização que há na reunião de pessoas para o feitio da pamonha”, acrescentando: “E que neste momento especial do cotidiano de milhares de famílias patenses, sejam observadas as medidas de prevenção à Covid-19, para que a vida continue com segurança.” 

Receba notícias diariamente através do WhatsApp (CLIQUE AQUI). Para ler mais notícias do Patos em Destaque, clique em NOTÍCIAS. Siga também o Patos em Destaque no TwitterInstagram e Facebook . Envie informações à redação do portal por WhatsApp pelo telefone (34) 98873-4068.

Fonte: : ASCOM.

OUTRAS NOTÍCIAS