Faculdade Patos de Minas - FPM

Vice-governador de MG visita Patos de Minas e se reúne com prefeitos de cidades afetadas pelas chuvas

Paulo Brant (PSDB) esteve com os chefes do Executivo que compõem a Associação dos Municípios da Microrregião do Alto Paranaíba

por Weslley Raphael
13/01/2022 - 22h47

Vice-governador de MG visita Patos de Minas e se reúne com prefeitos de cidades afetadas pelas chuvas Vice-governador de Minas Gerais se reúne com prefeitos da Amapar em Patos de Minas - Foto: Ascom/Prefeitura de Patos de Minas

O vice-governador de Minas Gerais, Paulo Brant (PSDB), se reuniu na tarde desta quinta-feira (13), em Patos de Minas, com prefeitos de cidades do Alto Paranaíba que têm sido afetadas pelo grande volume de chuvas e pela cheia dos rios.

No encontro, ele ouviu os representantes de cada cidade sobre os prejuízos e disse que mobilizou a Defesa Civil de todo o Estado para tentar amenizar os danos causados pelas enchentes.

A reunião ocorreu na sede do 10º Batalhão da Polícia Militar e contou com a presença dos prefeitos que compõem a Associação dos Municípios da Microrregião do Alto Paranaíba (Amapar). Em entrevista coletiva após a conversa, o vice-governador afirmou que esteve na cidade "para ouvir" e prestou solidariedade às cidades afetadas.

"O que a gente veio trazer é exatamente a nossa solidariedade e a mobilização de todo o sistema de defesa civil do Estado, coordenado pelo gabinete militar, no sentido de, neste primeiro momento, atenuar os problemas e lidar com os problemas humanitários", afirmou.

Antes da reunião, Paulo Brant e o prefeito de Patos de Minas, Luís Eduardo Falcão (Podemos), foram até a Ponte do Arco, na Avenida Joaquim Fubá, que está interditada desde a última terça-feira (11) devido ao avanço da água do Rio Paranaíba. Em postagem em uma rede social sobre a visita, a Prefeitura afirmou que está já é a maior cheia do rio nos últimos 30 anos na cidade.

Chuvas em Patos de Minas

Em Patos de Minas, o número de pessoas desalojadas e desabrigadas pelas chuvas e pela cheia do Rio Paranaíba e do Córrego do Monjolo chegou a 307 nesta quinta-feira. Ao todo, 251 adultos e 56 crianças são atendidos pelo Executivo.

Além dos prejuízos materiais, os moradores de Patos de Minas também enfrentam dificuldades com as inundações. Em alguns dos casos, o nível do rio sobe rapidamente e atinge os locais de forma inesperada.

Nesta quinta-feira (13), o governador Romeu Zema (Novo) reconheceu o estado de emergência em Patos de Minas e em outras cidades da região, como Presidente Olegário e São Gotardo. A oficialização ocorreu com a publicação de um decreto no Diário Oficial.

Central de Atendimento

Para orientar as famílias, a Administração Municipal criou a Central de Atendimento Social às Vítimas das Enchentes (Casve), que é composta por coordenadora, assistentes sociais e psicólogas e oferece apoio psicossocial para quem foi afetado. Segundo a Prefeitura, o trabalho consiste em levantar as demandas, identificar a vulnerabilidade, orientar, colher, além de outros serviços.

Entre as questões analisadas estão a insegurança alimentar, documentação civil, benefícios eventuais e outras demandas. Quem busca o atendimento pode entrar em contato através do número (34) 3822-9740, das 7h às 18h.

Campanha

Em publicação em uma rede social na tarde de quarta-feira, a Prefeitura divulgou um vídeo para anunciar que a campanha Patos Solidária, feita em parceria com o Corpo de Bombeiros e a Defesa Civil, arrecadou R$ 20 mil em 24 horas. Todo o valor será destinado para as vítimas das chuvas na cidade.

A iniciativa busca arrecadar produtos - como água, alimentos não perecíveis, materiais de higiene e de limpeza, roupas de cama, cobertores e colchões - para o abastecimento do Centro de Arrecadação de Ajuda Humanitária Permanente (CAAHP) da cidade.

As doações podem ser entregues em pontos espalhados pelo município. Veja na lista abaixo:

- Secretaria de Desenvolvimento Social (Cristavo);

- Procon e Secretaria Municipal de Educação;

- Sede do 15º Batalhão da Polícia Militar, no Bairro Céu Azul;

- Sede do 12º Batalhão dos Bombeiros, no Bairro Jardim Paulistano

Além disso, também são aceitas contribuições em dinheiro, que podem ser feitas pela chave PIX [email protected]

Orientações

Confira abaixo as orientações do Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet) em caso de chuva forte:

- Em caso de rajadas de vento, não se abrigue debaixo de árvores, pois há risco de queda e descargas elétricas e não estacione veículos próximos a torres de transmissão e placas de propaganda;

- Se possível, desligue aparelhos elétricos e quadro geral de energia;

- Obtenha mais informações junto à Defesa Civil (telefone 199) e ao Corpo de Bombeiros (telefone 193).

Veja as orientações dos bombeiros:

 

- mantenha os objetos de maior valor em partes mais elevadas;

- procure abrigo em local alto e seco;

- na iminência de inundações, ou havendo infiltrações, rachaduras, barulhos estranhos, abandone a residência;

- no trânsito durante as chuvas, programe bem a rota, evite passar por áreas alagadas;

- não pare carro próximo de postes ou árvores;

- dirija devagar, fique longe do carro da frente e evite locais baixos.

Receba notícias diariamente através do WhatsApp (CLIQUE AQUI). Para ler mais notícias do Patos em Destaque, clique em NOTÍCIAS. Siga também o Patos em Destaque no TwitterInstagram e Facebook. Envie informações à redação do portal por e-mail: [email protected].

*Política de uso: A reprodução de textos, fotografias e outros conteúdos publicados pelo site é livre; porém, solicitamos que seja(m) citado(os) o(s) autor(es) e o portal Patos em Destaque.

Fonte: : g1 Triângulo e Alto Paranaíba

OUTRAS NOTÍCIAS