Patos em Destaque
Unipam
Libertadores da América
Campeonato Brasileiro
CDL Patos de Minas

POLÍCIA CIVIL PRENDE JOÃO DO LAÇO NO ÂMBITO DA OPERAÇÃO MERCÚRIO

Trabalho de investigação já prendeu 30 pessoas pela prática de crimes em JK

WESLLEY RAPHAEL
QUINTA-FEIRA, 12/04/2018
Polícia Civil prende João do Laço no âmbito da Operação Mercúrio

A Polícia Civil prendeu no último sábado (7) João Gonçalves dos Santos, mais conhecido como João do Laço, que estava foragido da Justiça. A prisão faz parte da Operação Mercúrio, deflagrada em João Pinheiro e região no dia 22 de fevereiro e que visa desmantelar uma poderosa operação criminosa especializada em assaltos a fazendas, ônibus de passageiros e cargas na região de Luizlândia do Oeste (JK).

A prisão foi possível após uma profunda investigação e monitoramento do suspeito. João do Laço foi capturado quando saía da casa de sua filha, em João Pinheiro. A Operação Mercúrio continua com o objetivo de localizar os demais foragidos.

No dia da deflagração da Operação Mercúrio, foram cumpridos 29 dos 46 mandados de prisão expedidos em decorrência das investigações, gerando a prisão de 30 pessoas durante as diligências. Foram cumpridos ainda 76 mandados de busca e apreensão em sete cidades: João Pinheiro, Três Marias, São Gonçalo do Abaeté, Patos de Minas, Uberlândia, Venda Nova e Belo Horizonte, tendo sido apreendidos um revólver calibre .38 e uma pistola .380, um simulacro de submetralhadora, 72 munições de diversos calibres, 42 aparelhos celulares, 56 baterias de avulsas, cinco notebooks, 16 cheques, joias, além de vários outros objetos, todos de origem aparentemente criminosa oriundos de roubos aos veículos de carga e de passageiros.

Operação da Polícia Civil contou com o apoio da Polícia Militar e da Polícia Rodoviária Federal, somando o total de 271 policiais, além do canil e aeronave da Polícia Civil. Estima-se que nos anos de 2016 e 2017 ocorreram mais de 400 assaltos a veículos e fazendas na região alvo da Operação, sendo que com as prisões executadas, a previsão da Polícia Civil é que os índices de roubos reduzam em no mínimo 70% em João Pinheiro.

As investigações que desencadearam a Operação foram sediadas em João Pinheiro e tiveram início e coordenação do delegado de polícia Anderson Rosa da Silva, presidente do Inquérito Policial, sob a supervisão do delegado regional de polícia de Paracatu, Carlos Henrique Bueno, e do chefe do 16 departamento de Polícia Civil, Marcos Tadeu de Brito Brandão.

Receba notícias diariamente através do WhatsApp (CLIQUE AQUI). Para ler mais notícias do Patos em Destaque, clique em NOTÍCIAS. Siga também o Patos em Destaque no Twitter e Facebook . Envie informações à redação do portal por WhatsApp pelo telefone (34) 99681 6684.

Autor: Nikolas Pimentel.

Fonte: JP Agora.

Horoscopo do Dia
Copa do Brasil
Patos em Destaque no Facebook
Desenvolvido pela itsit.es