Manchetes Patos em Destaque
Patos em Destaque
Academia Evolution

14 CASOS DE DENGUE SÃO CONFIRMADOS NO MÊS DE JULHO EM PATOS

A cidade já acumula 1.367 notificações desde o mês de janeiro de 2020

WESLLEY RAPHAEL
SEXTA-FEIRA, 31/07/2020

O sétimo mês está prestes a acabar e Patos de Minas já contabiliza 539 casos confirmados de dengue. O levantamento é do Programa Municipal de Combate a Dengue. A cidade já acumula 1.367 notificações desde o mês de janeiro de 2020.

Desses dados coletados, 14 foram confirmados no mês de julho. Já foram descartadas 423 e outras 405 aguardam o resultado do fechamento da doença. Os principais sintomas da dengue são: febre alta, dores musculares intensas, dor ao movimento dos olhos, mal estar, falta de apetite, dor de cabeça e manchas vermelhas no corpo. No entanto, a infecção por dengue pode ser assintomática (sem sintomas), leve ou grave. Neste último caso pode levar até a morte. Normalmente, a primeira manifestação da dengue é a febre alta (39° a 40°C), de início abrupto, que geralmente dura de 2 a 7 dias, acompanhada de dor de cabeça, dores no corpo e articulações, além de prostração, fraqueza, dor atrás dos olhos, erupção e coceira na pele. Perda de peso, náuseas e vômitos são comuns. Em alguns casos também apresenta manchas vermelhas na pele.

Na fase febril inicial da dengue, pode ser difícil diferenciá-la. A forma grave da doença inclui dor abdominal intensa e contínua, vômitos persistentes e sangramento de mucosas. Ao apresentar os sintomas, é importante procurar um serviço de saúde para diagnóstico e tratamento adequados, todos oferecidos de forma integral e gratuita por meio do Sistema Único de Saúde (SUS).

A melhor forma de prevenção da dengue é evitar a proliferação do mosquito Aedes Aegypti, eliminando água armazenada que podem se tornar possíveis criadouros, como em vasos de plantas, lagões de água, pneus, garrafas pláticas, piscinas sem uso e sem manutenção, e até mesmo em recipientes pequenos, como tampas de garrafas.

Roupas que minimizem a exposição da pele durante o dia - quando os mosquitos são mais ativos - proporcionam alguma proteção às picadas e podem ser uma das medidas adotadas, principalmente durante surtos. Repelentes e inseticidas também podem ser usados, seguindo as instruções do rótulo. Mosquiteiros proporcionam boa proteção para aqueles que dormem durante o dia, como bebês, pessoas acamadas e trabalhadores noturnos.

Receba notícias diariamente através do WhatsApp (CLIQUE AQUI). Para ler mais notícias do Patos em Destaque, clique em NOTÍCIAS. Siga também o Patos em Destaque no TwitterInstagram e Facebook . Envie informações à redação do portal por WhatsApp pelo telefone (34) 98873-4068.

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

Desenvolvido pela itsit.es