Tarantella Pizzaria
Patos em Destaque
Vestibular Agendado - FPM

ZOONOSES ALERTA PARA PICADAS DE ESCORPIÃO, MAIS COMUNS NO VERÃO

Não há veneno contra escorpião, por isso a melhor saída é prevenir o aparecimento dele

WESLLEY RAPHAEL
SEXTA-FEIRA, 17/01/2020
Zoonoses alerta para picadas de escorpião, mais comuns no verão

A combinação altas temperaturas e chuvas cria condições ideais para a reprodução de aracnídeos peçonhentos, que acabam aparecendo em maior quantidade. O escorpião é um dos mais perigosos dentre esses animais, uma vez que a picada dele pode matar. Por isso, mantê-lo longe de casa deve ser uma preocupação de todos, como alerta o agente sanitário do Centro Zoonoses de Patos de Minas Marcos Antônio Santos.

Marcos Antônio explica que os escorpiões vivem e se reproduzem sobretudo na rede de esgoto, pois gostam de ambientes úmidos. Quando chega o verão, a umidade do ar fica equivalente dentro e fora da tubulação, deixando os animais à vontade para sair. Geralmente eles entram nos imóveis por meio de ralos e vãos de portas, e as baratas são o alimento preferido deles.

O agente acrescenta que não há veneno para matar escorpião, portanto o ideal é tomar medidas preventivas, dentre elas:

- como os escorpiões têm hábitos noturnos, nesse período deve-se vedar ralos de banheiros, pias e tanques, assim como soleiras;
- fazer controle periódico de baratas, principal alimento dos escorpiões;
- manter ambientes limpos, com a grama aparada e sem acúmulo de lixo, principalmente papel (atrai muitas baratas).

O primeiro procedimento ao encontrar um escorpião é entrar em contato com o Centro de Zoonoses. “A pessoa vai nos ligar e iremos ao local. Não costumamos orientar por telefone. Vamos vistoriar as condições de onde o animal foi encontrado e, a partir daí, orientar os moradores e tomar as medidas cabíveis”, disse Marcos Antônio. É pertinente também protocolar uma denúncia na prefeitura.

Gravidade
– As picadas do escorpião geralmente são mais graves quando ocorridas em crianças, idosos ou portadores de deficiência imunológica. Em caso de acidente com o animal, recomenda-se lavar o local da picada com água e sabão e imediatamente levar a vítima a um hospital. O ideal é levar o escorpião morto junto, para que seja feito o tratamento adequado ao tipo de aracnídeo encontrado.

O telefone do Controle de Zoonoses é 3822-9624. Esse órgão funciona de 12h às 18h.

Receba notícias diariamente através do WhatsApp (CLIQUE AQUI). Para ler mais notícias do Patos em Destaque, clique em NOTÍCIAS. Siga também o Patos em Destaque no Twitter e Facebook . Envie informações à redação do portal por WhatsApp pelo telefone (34) 99681 6684.

Fonte: ASCOM.

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

Desenvolvido pela itsit.es