Patos em Destaque
Faculdade Patos de Minas - FPM

PROCON PATOS DE MINAS PEDE INVESTIGAÇÃO POR DESCONTOS INDEVIDOS NO BENEFÍCIO DE APOSENTADOS

Conduta estaria sendo praticada pelo Banco Ficsa. Denúncia foi encaminhada ao MPF

WESLLEY RAPHAEL
SEXTA-FEIRA, 30/10/2020
O Procon Patos de Minas solicitou ao Ministério Público Federal que investigue a conduta do Banco Ficsa S/A (do grupo que controla o C6 Bank) e do Instituto Nacional de Seguro Social (INSS). Isso porque aposentados e beneficiários procuraram o órgão relatando que a instituição financeira tem efetuado descontos indevidos em benefícios previdenciários deles. Também foi enviada ao MPF cópia de ofício no qual o Procon Brasil afirma à Febraban que cinco regiões do país estão sendo alvos do banco denunciado.
 
Os consumidores alegam que, mesmo não efetivando nenhuma contratação com o Ficsa, receberam depósitos em suas contas bancárias, tiveram seus limites de margem consignada reduzido e passaram a ser cobrados por isso diretamente nos proventos previdenciários. “Não é um caso restrito a Patos de Minas. Tanto que também repassamos ao MPF ofícios expedidos pelos órgãos de proteção e defesa de Carangola e Cataguases e direcionados ao Procon local noticiando a mesma prática nesses dois municípios mineiros”, disse o coordenador do órgão, Rafael Godinho Nogueira.
 
Na denúncia ao MPF, a coordenação do Procon Patos de Minas ainda registrou que o INSS é dedentor de um gigantesco banco de dados com informações sigilosas dos segurados e que qualquer vazamento pode os expor às mais adversas situações. Relatou-se também que o órgão previdenciário é responsável pela autorização nos descontos indevidamente praticados.
 
Receba notícias diariamente através do WhatsApp (CLIQUE AQUI). Para ler mais notícias do Patos em Destaque, clique em NOTÍCIAS. Siga também o Patos em Destaque no TwitterInstagram e Facebook . Envie informações à redação do portal por WhatsApp pelo telefone (34) 98873-4068.
Fonte: ASCOM.

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

Desenvolvido pela itsit.es