Tarantella Pizzaria (imperdível)
Patos em Destaque
Aniversário Patos
Libertadores da América
Campeonato Brasileiro
SindComércio - Patos de Minas

SECRETARIA DE ESTADO DA SAÚDE EMITE ALERTA PARA PREVENÇÃO CONTRA A FEBRE MACULOSA

Apesar de Patos de Minas não ter caso da doença, a população deve ficar atenta ao frequentar campos abertos e matas, que são os principais locais de contágio

WESLLEY RAPHAEL
SEXTA-FEIRA, 12/01/2018
Secretaria de Estado da Saúde emite alerta para prevenção contra a febre maculosa

A Secretaria de Estado da Saúde de Minas Gerais emitiu um alerta na última terça-feira (09), para todo o estado devido à alta taxa de transmissão da Febre Maculosa Brasileira (FMB). O principal transmissor da doença é o carrapato e com o período de férias, as visitas a áreas rurais têm um aumento significativo, o que proporciona grandes chances de contágio, já que o principal local de incidência do inseto é em campos abertos e em matas, mas também em áreas urbanas onde existe a presença de grande quantidade de grama. 

O carrapato se torna transmissor ao picar uma capivara que é considerada o principal hospedeiro da doença. De acordo com o gerente de Epidemiologia da Secretaria Municipal de Saúde, Erivaldo Rodrigues Soares, ainda não há registros de casos da doença em Patos de Minas, mas isso não é sinônimo de descuido. “A população deve ficar atenta, pois o alerta foi emitido para todo o estado e mesmo que nossa cidade não tenha registrado nenhum caso ainda, estamos propícios, já que em nossa região, há uma grande quantidade de animais dessa espécie”, disse o gerente de Epidemiologia.

Algumas medidas devem ser tomadas para quem irá passar as férias em áreas de risco, tais como: uso de roupas compridas; uso de calças e camisas claras; fazer a inspeção periódica do corpo após caminhar por matas e campos abertos para evitar a presença do inseto.

O inseto pica o corpo do ser humano em um período de 4h a 6h e o vírus poderá ficar encubado no organismo humano em até 14 dias sem que os sintomas apareçam o que geralmente acontece do 2º ao 6º dia. Os sintomas mais frequentes são: febre elevada; cefaléia; mialgia intensa; mal estar generalizado; vômitos e o princípio de manchas avermelhadas na palma das mãos e dos pés. A transmissão acontece apenas pela picada do carrapato e, em caso de picada, a pessoa deverá procurar a unidade saúde mais próxima de sua casa para atendimentos e orientações.

Receba notícias diariamente através do WhatsApp (CLIQUE AQUI). Para ler mais notícias do Patos em Destaque, clique em NOTÍCIAS. Siga também o Patos em Destaque no Twitter e Facebook . Envie informações à redação do portal por WhatsApp pelo telefone (34) 99681 6684.

Fonte: ASCOM.

Horoscopo do Dia
Copa do Brasil
CDL Patos de Minas
Desenvolvido pela itsit.es