Unipam Vestibular Inverno

Novo fluxo de atendimento na atenção primária à saúde de Patos de Minas

Mudanças visam facilitar o acesso e melhorar a eficiência no atendimento

por Weslley Raphael
05/07/2024 - 12h14

Novo fluxo de atendimento na atenção primária à saúde de Patos de Minas Foto: ED Amorim - Divulgação

Nesta quinta-feira (04), durante uma coletiva de imprensa realizada na sede administrativa, a secretária de Saúde, Ana Carolina Caixeta, apresentou um novo fluxo de atendimento para a Atenção Primária à Saúde em Patos de Minas. A alteração, que entra em vigor a partir de 15 de julho, tem como objetivo principal facilitar o acesso dos pacientes aos serviços de saúde e otimizar o atendimento nas unidades de saúde da área urbana.

A principal mudança anunciada é a implantação da demanda espontânea no período da manhã, das 7h às 11h, para casos agudos. Isso significa que os pacientes não precisarão mais agendar consultas para situações que não configuram urgência ou emergência. A medida foi implementada para garantir que os usuários tenham acesso a médicos e enfermeiros nas unidades de Saúde da Família (USF) mais próximas de suas residências. A expectativa é que essa alteração proporcione uma assistência mais rápida e eficiente para casos de menor gravidade.

A Secretaria Municipal de Saúde espera que o novo fluxo tenha reflexos positivos também na Unidade de Pronto Atendimento (UPA). Com as USFs atendendo a demanda espontânea, elas se tornarão a referência para os casos triados na UPA como verde e azul, que são situações sem risco iminente à vida. Atualmente, cerca de 80% dos atendimentos mensais na UPA do Peluzzo são de pacientes com sinais e sintomas de menor gravidade. Em junho, por exemplo, dos 12.677 atendimentos na UPA, 9.970 poderiam ter sido resolvidos nas USFs.

Uma das vantagens da nova orientação é que, mediante prescrição, os pacientes podem receber medicação endovenosa diretamente nas USFs, além de terem acesso a medicamentos para alívio da dor e antibióticos. A prefeitura está trabalhando para ampliar a lista de fármacos disponibilizados nas unidades, o que deve melhorar ainda mais a qualidade do atendimento prestado.

Durante a coletiva, a secretária Ana Carolina Caixeta apresentou dados que justificam a mudança. Ela destacou a importância de descentralizar o atendimento e utilizar melhor os recursos disponíveis nas USFs para casos de menor complexidade. A nova medida é vista como uma forma de desafogar a UPA e garantir que os casos mais graves recebam a atenção necessária de forma mais ágil.

Com a implantação da demanda espontânea nas USFs, a Secretaria Municipal de Saúde espera não apenas melhorar a eficiência do atendimento, mas também aumentar a satisfação dos usuários. A proximidade das unidades de saúde com a residência dos pacientes e a disponibilidade de atendimento sem a necessidade de agendamento são fatores que devem facilitar o acesso e proporcionar um cuidado mais próximo e humanizado.

Em resumo, a mudança no fluxo de atendimento na Atenção Primária à Saúde de Patos de Minas é uma iniciativa que busca otimizar os recursos de saúde disponíveis, garantir um atendimento mais ágil e eficiente para os casos de menor gravidade e, consequentemente, melhorar a qualidade de vida da população local. A expectativa é que, com essas alterações, a UPA possa se concentrar mais nos casos de urgência e emergência, proporcionando um atendimento mais adequado e eficaz para todos.

Receba notícias diariamente através do WhatsApp (CLIQUE AQUI). Para ler mais notícias do Patos em Destaque, clique em NOTÍCIAS. Siga também o Patos em Destaque no TwitterInstagram e Facebook. Envie informações à redação do portal por e-mail: [email protected].

*Política de uso: A reprodução de textos, fotografias e outros conteúdos publicados pelo site é livre; porém, solicitamos que seja(m) citado(os) o(s) autor(es) e o portal Patos em Destaque.

 


OUTRAS NOTÍCIAS